HTML Widget previsão do tempo por Weatherwidget.org
Facebook abre inscrições para contratar estudantes. Confira!!! - A Tribuna do Vale

Facebook abre inscrições para contratar estudantes. Confira!!!

Rede social com maior número de usuários, grande parte deles jovem, o Facebook está em busca de novos talentos e ideias para compor sua equipe.

A empresa abriu inscrições para seu programa de estágio, que vai contemplar universitários de todo o Brasil. Estudantes das áreas de humanas e exatas poderão se inscrever e a possibilidade já chama a atenção de jovens em busca de uma grande oportunidade.

O estágio terá início em janeiro de 2019 e será no escritório do Facebook em São Paulo. Com duração de um ano, o programa oferece chances de efetivação.

Embora seja necessário ter disponibilidade para trabalhar em São Paulo, a empresa vai custear despesas de passagem e translado durante o processo para os candidatos que não moram na cidade.

Usuária ativa de redes sociais, a estudante de Jornalismo Ana Clara Nair, de 22 anos, aponta que, além do aprendizado, estagiar na maior das redes sociais seria conciliar aprendizado com aquilo que ama.

“Eu vivo rede social. Trabalhar no Facebook seria um grande aprendizado. Fazer o que se gosta é o mais importante”, afirmou.

Outra estudante de Jornalismo, Carolina Salarini, 20, aponta o peso que a empresa acrescentaria no currículo. “Além da questão da gestão de mídias, saber como funciona o outro lado, traria um grande peso para o meu currículo”.

Estudante de Publicidade e Propaganda, Moacyr Luchy, 21, pretende se inscrever. Para ele, o conhecimento ganho em uma gigante mundial pode fazer a diferença na carreira.

“No Facebook, você se comunica com uma totalidade muito grande de pessoas. Vale muito pela experiência”.

Inscrições

As inscrições estão abertas até 12 de setembro, pelo site grupociadetalentos.com.br.

Para a analista de Recursos Humanos Eliana Machado, estudantes das áreas de tecnologia e comunicação são os que mais podem se beneficiar com a oportunidade de trabalhar no Facebook.

Fonte: Tribuna online.