Preço de ar-condicionado tem a maior alta em 3 anos; veja como escolher

Em meio a forte onda de calor vivida pelos brasileiros nos últimos dias, o ar-condicionado pode ser um grande aliado. Mas obedecendo a lei da oferta e da procura, o consumidor que decidir comprar um novo aparelho agora pode se assustar com os preços.

O custo do ar-condicionado subiu 6,09% de setembro para outubro e registrou a maior alta em três anos. A alta no período só é inferior à de outubro de 2020, quando os preços subiram 10,54% no intervalo de um mês, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo IBGE.

Com o item pesando mais bolso, o consumidor deve botar na balança questões como o custo do aparelho e a economia de energia a longo prazo. Conhecido como um aparelho mais econômico e silencioso, o split tem duas partes separadas, uma que fica dentro de casa (o evaporador) e outra fora (condensador).

Ainda que seja muito procurado, esse modelo demanda gasto maior com instalação, além de custar mais que outras opções. O split custa entre R$ 1.400 e R$ 2.400, variando de acordo com a potência. Os aparelhos de 9.000 BTUs, por exemplo, são mais baratos que os de 20.000 BTUs.

Os modelos com a tecnologia inverter são os mais caros. Os preços também podem mudar de acordo com a marca e com a classificação Procel (selo de eficiência energética). O modelo mais tradicional, que pode ser instalado em janelas ou cavidades na parede, ainda é uma opção melhor em muitos casos.

Dicas para uso do ar-condicionado:

  • Mantenha o filtro sempre limpo e o termostato regulado;
  • Mantenha portas e janelas bem fechadas;
  • Feche as cortinas pra não ter incidência de sol dentro do ambiente;
  • Proteja da exposição ao sol a parte externa do ar-condicionado;
  • Não bloqueie a grade de ventilação do aparelho;
  • Instale o aparelho sempre no alto, já que a tendência é o ar quente subir e o ar frio descer;
  • Não use em temperatura muito baixa, mantendo sempre entre 20º e 24º;

Redação: Jornal ATV – A tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

Compartilhe
Facebook
WhatsApp

Notícias Recentes

Portal de notícias de Baixo Guandu e região Vale do Rio Doce. Desde 2018.