Autorizado a construção de 9 ferrovias no país, duas delas serão no ES.

Espírito Santo – O Governo Federal autorizou ontem, quinta-feira (09), a construção e operação de nove ferrovias no país. Sendo que duas farão a ligação do Espírito Santo para outros estados brasileiros. Seis grupos empresariais foram autorizados para tirar do papel os projetos.

Entre as duas ferrovias, uma delas é a Macro Desenvolvimento Ltda, que ligará Presidente Kennedy, no litoral Sul do Espírito Santo, a Conceição do Mato Dentro e Sete Lagoas, ambos em Minas Gerais. Ela terá 610 km de extensão e fará conexão com as ferrovias Vitória-Minas e Centro-Atlântica (FCA).

O outro projeto autorizado pelo governo e que agora poderá ser viabilizado é o da Petrocity, que fará a ligação de Barra de São Francisco, no Noroeste do Espírito Santo, a capital Brasília. Ao todo, serão 1.108 km de extensão, interligado à FCA.

Além dessas duas empresas, estão autorizadas a implantar seus projetos de ferrovia a Bracell, Ferroeste, Grão Pará e Planalto Piauí Participações. As companhias assinaram um contrato com a União para executarem propostas apresentadas no âmbito do programa federal Pro Trilhos.

Criado a partir do novo Marco Legal das Ferrovias, o programa estimula a ampliação da malha ferroviária nacional pela iniciativa privada, por meio do instrumento da outorga por autorização.  Juntas, as estradas de ferro autorizadas nesta quinta têm potencial de agregar 3.506,79 quilômetros de novos trilhos à rede ferroviária existente no país e mobilizar R$ 50,36 bilhões em investimentos no modal. 

A natureza destes recursos são integralmente oriundos do setor privado, e o montante desses recursos, superam em mais de sete vezes todo o orçamento público do Ministério da Infraestrutura no ano de 2021, que foi de cerca de R$ 7 bilhões.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.