Com aumento nos casos confirmados de Covid-19 “lockdown” pode ser decretado em Baixo Guandu.

O prefeito Neto Barros de Baixo Guandu, município da região Noroeste do Espírito Santo, admitiu nesta terça feira (19) , em uma rede social que a exemplo de vários municípios do Brasil, poderá decretar “Lockdown” (é uma imposição do Estado que significa bloqueio total para evitar a circulação de pessoas e conter a disseminação do novo Coronavírus).

Neto participou pela manhã de uma videoconferência com o governador do Estado, Renato Casagrande. A tarde ele convocou uma reunião de emergência em seu gabinete.

Baixo Guandu que ficou por muito tempo sem confirmar caso da Covid-19, viu os casos aparecerem e dispararem, um óbito foi registrado no dia 12 de maio e hoje (19), já são 42 casos confirmados na cidade.

Com a disparada nos casos confirmados da Covid-19, Baixo Guandu teve a sua classificação modificada de “risco leve” para “risco moderado”. O que deixa o município em estado de alerta.

“A única maneira de evitarmos o fechamento total (Lockdown) é a comunidade se unir para, de forma organizada, frear as contaminações. Se a situação se agravar teremos, além da grave crise econômica, o que é certo, muitas outras mortes”, escreveu o prefeito Neto Barros.

As próximas 48 horas serão decisivas, se os casos do novo Coronavírus continuarem a subir na cidade, o prefeito Neto Barros certamente irá decretar o “Lockdown” para tentar impedir o avanço do vírus.

Um dado alarmante é que se os casos continuarem subindo no Noroeste do Estado, os pacientes vão enfrentar um grande problema, o hospital Silvio Avidos, em Colatina, que é referência para a COVID-19, já não tem mais leitos de UTI para atender os pacientes em estado grave.

O que é Lockdown?

Lockdown é a versão mais rígida do distanciamento social e quando a recomendação se torna obrigatória. É uma imposição do Estado que significa bloqueio total.

No cenário pandêmico, essa medida é a mais rigorosa a ser tomada e serve para desacelerar a propagação do novo Coronavírus, visto que, as medidas de isolamento social e de quarentena não foram suficientes e os casos aumentam diariamente.

Como funciona o lockdown?

Consiste em restringir a circulação da população em lugares públicos, permitindo apenas, e de forma limitada, para questões essenciais, como ir à farmácias, supermercados ou hospitais. O descumprimento dessa regra pode acarretar multas e em toque de recolher, dependendo do governo local.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

Facebook Comments