Morre aos 80 anos, o ex-piloto de Fórmula 1 Wilson Fittipaldi.

Morreu nesta sexta-feira (23), o ex-piloto de Fórmula 1 Wilson Fittipaldi Júnior. A sua morte se deu em decorrência de complicações depois de ter sofrido uma parada cardíaca, em dezembro do ano passado, depois de ter engasgado com um pedaço de carne durante um almoço de Natal em família.

Wilson na ocasião além do Natal comemorava também o seu aniversário de 80 anos, ele foi hospitalizado em 25 de dezembro de 2023, no Hospital Prevent Senior, localizado na Zona Sul de São Paulo. Onde se encontrava internado e entubado.

Foto: Reprodução.

Wilson com a família comemorando os seus 80 anos.

Conhecido popularmente como “Wilsinho”, ele nutria uma paixão pelo automobilismo desde sua juventude, influenciado pelo pai, locutor da modalidade. Fittipaldi iniciou sua carreira como piloto na década de 1960, competindo na Fórmula Vê, mas só ingressou na Fórmula 1 nos anos 70.

Ao longo de sua carreira, Fittipaldi participou de três temporadas na principal categoria do automobilismo mundial: duas pela Brabham (1972 e 1973) e uma pela Copersucar (1975), na temporada inaugural da equipe brasileira que ele e seu irmão, Emerson, fundaram.

Como piloto, Wilson disputou 38 Grandes Prêmios, alcançando seu melhor resultado com um 5º lugar na Alemanha em 1973. O grande destaque da família nas pistas foi Emerson Fittipaldi, que se sagrou campeão mundial em 1972 e 1974. Além de sua trajetória na F1, Wilson também participou das Mil Milhas Brasileiras, da Fórmula Indy e da Stock Car ao longo de sua carreira.

Wilson era o irmão mais velho do bicampeão mundial Emerson Fittipaldi e deixa sua esposa Rita e o filho Christian Fittipaldi, que também teve uma passagem pela F1.

Redação: Jornal ARV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

Compartilhe
Facebook
WhatsApp

Notícias Recentes

Portal de notícias de Baixo Guandu e região Vale do Rio Doce. Desde 2018.