Idosa acorda após filho decidir desligar aparelhos e comprar caixão para velório

Estados Unidos – o fato aconteceu nos Estados Unidos, uma americana de 69 anos estava internada com covid-19 há mais de um mês num hospital e os médicos contaram para a família que ela não acordaria mais. Foi Depois desse diagnóstico que a família de Bettina Lerman decidiu desligar os aparelhos que a mantinham viva. No entanto, a idosa acabou despertando do coma justamente no dia em que o suporte seria encerrado.

Mas antes de acordar, a família já tinha doado as roupas dela. Familiares também já estavam planejando o funeral, tanto que o caixão e a lápide, assim como os arranjos de flores, já estavam devidamente escolhidos. Andrew Lerman, filho da idosa, ficou surpreso ao receber uma ligação do hospital no momento em que fazia os preparativos do velório.

“Ele (o médico) disse: ‘Bom, eu preciso que você venha aqui imediatamente. Então, eu disse: ‘Ok, o que há de errado’. Ele respondeu: Bom, não há nada de errado. A sua mãe acordou”, afirmou Andrew. Bettina Lerman ainda está em estado delicado, mas consciente.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.