Durante uma blitz mulher descobre que namorado usava nome falso há 12 anos.

Betim-MG – O caso foi registrado durante uma blitz realizada pela PRF – Polícia Rodoviária Federal na última quarta-feira (10), na BR 381 em Betim na região metropolitana de Belo Horizonte-MG. Uma mulher descobriu que o seu companheiro, de 38 anos, usava nome falso há 12 anos, tinha cometido um crime e estava foragido da Justiça.

Durante a abordagem na altura do KM 499 ao veículo um VW Gol, o homem apresentou uma carteira de habilitação com indícios de adulteração. Os policiais consultaram o sistema judiciário e descobriram que a CNH era falsa e o suspeito era foragido da penitenciária de Janaúba, no Norte de Minas Gerais, onde cumpria pena por latrocínio (roubo seguido de morte).

O suspeito estava foragido há 14 anos e usava a identidade falsa desde 2007, o documento era de um sobrinho dele. A companheira ficou em choque ao descobrir que ele se passava por outra pessoa e que já tinha cometido o crime e sido preso. Ela disse que nunca desconfiou de nada, pois todos chamavam o homem pelo apelido. 

O casal morava em São Paulo e estava junto há três anos. Naquele dia eles viajavam do Estado paulista para Janaúba para visitar parentes do homem. O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado à Polícia Federal em Belo Horizonte, onde o caso será investigado.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias em Minas Gerais.