Homem é preso após divulgar blitz da PM no WhatsApp

Homem é preso ao divulgar em um grupo de WhatsApp, a realização de uma operação policial (blitz), feita pela polícia militar, a prisão aconteceu na noite do último sábado (28), no cenro-oeste do Estado vizinho de Minas Gerais. A polícia civil instaurou o inquérito e caso venha a ser comprovado, o suspeito poderá ser condenado de um a 5 anos.
No grupo da rede social o sujeito escreveu a seguinte frase “Blitz em frente à Copasa, indo para a exposição.
Galera do golo, fica veiaco! É blitz das brabas. Parando até as ambulâncias do Samu”.
A mensagem chegou até o conhecimento da polícia que, identificou o homem, em seguida, os militares o conduziram para prestar depoimento na delegacia de plantão do município de Formiga-MG, sendo também apreendido o seu aparelho celular.
Nas redes sociais, várias pessoas postaram opiniões que apoiavam e outras eram contrárias a prática cometida pelo autor. Divulgar blitzes é crime que pode ser tipificado pelo artigo 265 do Código Penal Brasileiro, que trata do atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública. A pena oscila de um a cinco anos, além de multa.

Redação: A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

Compartilhe
Facebook
WhatsApp

Notícias Recentes

Portal de notícias de Baixo Guandu e região Vale do Rio Doce. Desde 2018.