Adiamento das eleições municipais no Brasil devem ser debatidas essa semana.

O assunto que começou a ser debatido entre um grupo de deputados, na semana passada, é a possibilidade de adiar as eleições municipais de 2020 por causa do coronavírus Covid-19.

O assunto ganhou força depois que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista coletiva concedida na manhã de ontem, domingo (22).

Para o ministro o adiamento serviria para que ações “políticas” não prejudiquem as medidas que estão sendo adotadas para o enfrentamento da epidemia de coronavírus.

Já o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que também na manhã de ontem, domingo (22). divulgou áudio dizendo que a discussão sobre um possível adiamento das eleições municipais em razão do coronavírus é “completamente equivocada”.

O primeiro turno está marcado para 4 de outubro e o segundo, para o dia 25 do mesmo mês. O Congresso aprovou, nesta semana, a decretação de estado de calamidade pública para que o país possa lidar com a crise causada pela doença.

A preocupação dos deputados com as eleições é que as medidas restritivas impostas para evitar a disseminação do vírus impeçam a realização de atos previstos no calendário eleitoral, como as convenções partidárias.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícia online.