HTML Widget previsão do tempo por Weatherwidget.org
Homem declarado morto acorda durante a realização da própria autópsia. Entenda! - A Tribuna do Vale

Homem declarado morto acorda durante a realização da própria autópsia. Entenda!

Uma situação inusitada aconteceu em setembro de 2007 na Venezuela, quando Carlos Canejo, 33 anos,  que foi declarado morto oficialmente, acordou enquanto  equipe médica fazia a autópsia em seu corpo.

Apesar de ter acontecido há mais de uma década, o caso até hoje choca a comunidade médica da Venezuela. Carlos morreu depois de sofrer um acidente automobilístico, em seguida foi encaminhado para o necrotério, foi ai que tudo começou a dar errado.

Durante a realização da autópsia o médico legista reparou que o suposto cadáver começou a sangrar e foi precisoque o médico agisse rápido para estancar o sangue e fechar o corte que ele teria feito no rosto de Carlos. De acordo com o próprio Carlos ele acordou por não suportar a dor que era muito forte, declarou na época ao jornal El Universl.

Diante da situação o médico tomou o maior susto e quase se cortou durante o procedimento. A mulher, que havia sido chamada para reconhecer o corpo, também teve uma surpresa. Ela encontrou o marido no corredor do hospital, mas vivo. Os funcionários do hospital se recusaram a dar entrevistas.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias internacional.