PF faz a maior apreensão de maconha da história do país graças a cheiro forte. Veja!

A apreensão recorde de maconha aconteceu na quarta feira (20), por volta das 9hs e 30 minutos, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Federal (PF).

Os agentes federais pediram para parar uma carreta ano 2020, próxima à fronteira com o Paraguai, na altura da cidade de Iguatemi (MS). Ao aproximarem da carreta os agentes desconfiaram ao sentir um forte odor.

Foram necessárias quase 07 horas de trabalho e 6 agentes para fazer a pesagem de mais de 28 toneladas de maconha que estava no meio da carga de milho, a maior apreensão da história do país.

De acordo com o inspetor-chefe da PRF em Dourados Waldir Brasil Junior, o cheiro estava exalando forte, de tanta de maconha que tinha, descreveu o policial federal.

Durante a abordagem policial, foi observado que o motorista de 38 anos, não tinha nenhuma passagem pela polícia, ainda tentou engabelar mostrando a nota fiscal com a carga lícita de milho que, de fato, estava transportando.

Espetando uma lança de ferro, os agentes, no entanto, logo perceberam que havia algo mais denso dentro – eram fardos de maconha já prensados que vinham direto do Paraguai. Havia 6 toneladas de milho para 28 de maconha.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

Facebook Comments