HTML Widget previsão do tempo por Weatherwidget.org
Espírito Santo registrou em maio o menor número de homicídios dos últimos 24 anos. Confira! - A Tribuna do Vale

Espírito Santo registrou em maio o menor número de homicídios dos últimos 24 anos. Confira!

No meio a tantas notícias tristes de morte pela Covid-19, o Estado do Espírito Santo apresentou no mês de maio o menor número de homicídios da série histórica desde 1996, em comparação com o mesmo período dos últimos 24 anos.

Foram registrados em maio no Estado 76 assassinatos, isso representa 04 a menos que os 80 de 2019. Vale lembrar que após o pico de 140 casos no mês de março, a tendência de queda se manteve.

No geral, o Estado chegou a 514 homicídios em cinco meses, o que representa o quarto melhor resultado de toda série histórica, apesar de apresentar aumento de 14% em relação a 2019, quando foram 441 mortes violentas no mesmo período.

Esses dados por regiões mostram que a região Norte apresentou resultados positivos, com 10 homicídios a menos que 2019 e redução de 10,4%. Sendo que Aracruz apresentou a maior redução, com 55,6% a menos em número de assassinatos no comparativo com 2019, sendo que de janeiro a maio foram 12 mortes violentas, contra 27 do ano passado.

Já na Região Metropolitana, teve uma redução de 3,2% em Vitória no acumulado do ano, com 44 homicídios contra 47 de 2019. No mês de maio, o destaque foi o município de Vila Velha, que depois de registrar 24 assassinatos em março e fechou os últimos 30 dias com apenas 06 registros.

Para o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, o desempenho das forças de segurança, principalmente pelo fato de estarmos em meio à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), foi o que contribuiu para esses números.

O coronel ressaltou que “nós temos que reconhecer todos os esforços e o trabalho das forças de Segurança Pública do Estado, sejam elas estaduais, federais ou municipais. Esse resultado é fruto de um trabalho integrado que foi realizado nos últimos meses, dentro da metodologia do programa Estado Presente, com grandes operações, ações pontuais e a caça a traficantes e homicidas. Só tenho a agradecer todo o empenho dos nossos policiais, em meio a uma situação de pandemia que vivemos”.

Redção: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.