SAAE de Baixo Guandu emite nota de repudio contra acusações de vereador.

O SAAE – Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Baixo Guandu, município localizado na região Noroeste do Espírito Santo, emitiu nesta quinta feira (20), uma nota de repudio contra as acusações feitas na sessão da câmara de vereadores, na última segunda feira (17).

Durante seu pronunciamento na tribuna da câmara, o vereador Romilson Araujo acusou o diretor do SAAE, Luciano de Bem Magalhães de fraudar relatórios das análises feitas na água do Rio Doce.

O SAAE em resposta as acusações feitas pelo vereador emitiu a seguinte nota de repudio.

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE de Baixo Guandu, mais uma vez, vem a público repudiar as acusações criminosas de que tem sido vítima, inclusive na pessoa de seu diretor, Luciano de Bem Magalhães, sobre o suposto estado de ‘envenenamento’ da água que trata e distribui à população guanduense.

Agora, de maneira não menos irresponsável, mentirosa, caluniosa e covarde, na medida em que se esconde atrás da sua imunidade parlamentar para atacar a imagem desta Autarquia e a honra de seu diretor, o vereador Romilson Araújo, em discurso na Câmara Municipal, na sessão do último dia 17 de fevereiro, usou de publicações falsas das mídias sociais para tentar aterrorizar a população com a notícia de uma suposta ‘contaminação’ na água tratada pelo SAAE, da qual os guanduenses estariam sendo vítimas.

O SAAE reitera que os laudos da água do rio Doce, em análises antes e depois da captação, estão à disposição da população em sua página na Internet, laudos estes rigorosamente alinhados às exigências do Ministério da Saúde, que por meio do Anexo XX, da Portaria de Consolidação nº 05, de 28/09/2017, determina os padrões de potabilidade da água para consumo humano.

Nesse sentido, o SAAE de Baixo Guandu desafia a quem quer que seja a comprovar as acusações mentirosas, irresponsáveis, caluniosas e repletas de intenções políticas, proferidas pelo vereador em sua sanha de ludibriar a população com as intenções e modus operandi fartamente conhecidos e repudiados pelos guanduenses de bem.

Oportuno lembrar que não é a primeira vez que o SAAE de Baixo Guandu é vítima de políticos inescrupulosos: há alguns anos, a autarquia foi acusada por outro vereador de, pasmem, adicionar, deliberadamente, chumbo à água distribuída à população. Em comum, os dois episódios trazem consigo a torpeza daqueles homens públicos tristemente marcados por suas atitudes.  

Por fim, o SAAE de Baixo Guandu declara que levará às barras dos tribunais todos aqueles que publicamente se empenham, por conveniência financeira ou política, em denegrir a imagem da Instituição, inclusive os que confundem imunidade com impunidade parlamentar.

Baixo Guandu-ES, 20 de fevereiro de 2020.

Redação Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

Compartilhe
Facebook
WhatsApp

Notícias Recentes

Portal de notícias de Baixo Guandu e região Vale do Rio Doce. Desde 2018.