Cápsulas de fuzis de 1926 são encontradas em obras da Praça São Pedro em Baixo Guandu-ES.

Os operários que estão trabalhando na reforma da Praça São Pedro em Baixo Guandu, na região Noroeste do Espírito Santo, encontraram 04 cápsulas deflagradas de fuzil do ano de 1926.

As cápsulas foram encontradas pelos funcionários Rodrigo da Silva Vidal e Carlos Alberto Ferreira, durante as escavações na área da Praça São Pedro, que está passando por reformas.

A empresa que está fazendo as obras, entregou as cápsulas na Secretaria de Cultura, a secretária Jane Ribeiro disse que as cápsulas pelo ano de fabricação, podem ter sido utilizadas na Revolução de 1930, no episódio em que Aldomário Falcão combateu a invasão de soldados de Minas Gerais que queriam invadir o Espírito Santo, passando por Baixo Guandu-ES.

Jane enviou o material para o Capitão da 2ª Cia do 8º Batalhão da Polícia Militar, Wagner Batista, que através de um armeiro de Colatina vai ajudar a confirmar o calibre, o modelo do fuzil e procedência da fabricação.

Segundo informações não oficiais, as cápsulas podem ser de cartuchos de 7mm, de Fuzil Mauser, que eram usados em 1929 e também foram usados na Revolução de 1930, podem ser consideradas como relíquias da guerra.

O local onde as cápsulas foram encontradas talvez pode ter sido usado como trincheira pelos soldados daquela época que guerrearam durante a Revolução.

Durante a construção da Praça São Pedro aquela área foi aterrada, podendo as cápsulas erem vindo de outro local onde se extraiu a terra. Mas essa hipótese está descartada devido a profundidade que as cápsulas foram achadas, na camada abaixo do aterro feito no período.

Fotos: João Bosco/A Tribuna do Vale – Paulinho Barmen e Jane Ribeiro.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

Compartilhe
Facebook
WhatsApp

Notícias Recentes

Portal de notícias de Baixo Guandu e região Vale do Rio Doce. Desde 2018.