Funcionário da prefeitura de Pancas é assassinado em Alto Rio Novo-ES.

O corpo de um funcionário da prefeitura municipal de Pancas, município localizado na região Noroeste do Espírito Santo. Foi encontrado em uma estrada na zona rural do município de Alto Rio Novo-ES.

De acordo com informações, o homem identificado como sendo Izidio Boeno, que trabalhava como motorista do caminhão de lixo da prefeitura de Pancas, estava caído próximo a sua motocicleta, em uma estrada de chão, próximo ao Córrego Rancho da Lua.

Populares acionaram a Polícia Militar, que foi até o local e constatou que o homem estava morto, com marcas de disparos de arma de fogo. Os militares cercaram o local para preservar o mesmo até a chegada da perícia.

Familiares da vítimas estiveram no local, para acompanhar os trabalhos da polícia. Eles disseram não saber o motivo do crime, uma vez que Izidio não tinha desafetos e era uma pessoa tranquila.

Um dos parentes portanto, disse aos policiais, que ele tinha problemas apenas com a sua ex mulher, identificada como Márcia Aparecida de Araújo, e que na semana passada os dois tiveram um forte desentendimento, e Márcia o ameaçou de morte.

A ex mulher chegou ao local onde Izidio estava morto e foi impedida pela polícia de se aproximar do corpo, pelo fato da perícia ainda não ter chegado. Indignada ela disse que é casada no papel com a vítima e de maneira áspera falou que tinha o direito de ver.

Diante da negativa do policial, Márcia disse que “não tem nada a temer”, e perguntou que horas Izidio havia sido morto e saiu do local. A perícia chegou ao local e realizou os trabalhos.

Um irmão da vítima acompanhou o corpo até o IML. A motocicleta, uma Broz de cor azul e placa MPT 5603, foi liberada para os familiares pelo delegado de plantão João Seibel Junior.

A polícia trabalha com a hipótese de homicídio, um vez que nem a motocicleta e nem os pertences da vítima, como celular e a carteira de documentos foram levados. O Sargento Oliveira e o Soldado Maforte, participaram da ocorrência. A Polícia Civil vai investigar o crime.

O corpo de Izidio foi velado na Câmara Municipal de Alto Rio Novo, onde parentes e amigos foram prestar as últimas homenagens sob forte comoção. O sepultamento foi no cemitério de Alto Rio Novo, cidade onde Izidio morava.

Populares procuravam um motivo para a morte do motorista. Todos diziam que era uma pessoa do bem, não tinha problemas e era muito trabalhador. O presidente da Câmara de vereadores, o Sr. Obede lamentou o crime e disse que “ele só sabia trabalhar”.

redação Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *