Mulher é presa ao receber R$ 8 mil reais em notas falsas pelos Correios no Sul do Estado.

Cachoeiro de Itapemirim-ES – O flagrante aconteceu na manhã de hoje, segunda-feira (06), em Cachoeiro de Itapemirim, na região Sul do Espírito Santo. Uma mulher foi presa em flagrante, ao receber uma encomenda dos Correios contendo cédulas falsas.

De acordo com informações, a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios informou a PF (Polícia Federal), que haveria uma encomenda suspeita, com indicativos de material irregular e que seguiria para o destino final nesta segunda.

Os policiais acompanharam o momento em que a suspeita receberia a encomenda. A prisão aconteceu assim que foi constatado que no interior do pacote  havia R$ 8.000,00 em cédulas falsas, todas de 100 reais. Para os policiais a mulher confessou que sabia que o dinheiro era falso porém preferiu ficar em silêncio.

A PF disse ainda que a suspeita responderá pelo crime de Moeda Falsa previsto no Código Penal cuja pena varia de 03 (três) a 12 (doze) anos de reclusão. A polícia disse ainda que crimes como esse são considerados de grave potencial ofensivo pela Lei, especialmente porque atentam contra a fé pública.

As investigações agora seguem em busca de mais provas. Também será investigado se existe o envolvimento de mais pessoas. A Polícia Federal informou que trabalha em parceria com a área de segurança dos Correios e se mantém alerta ao uso ilegal de serviços para o cometimento de crimes.

Moeda falsa.

Art. 289 – Falsificar, fabricando-a ou alterando-a, moeda metálica ou papel-moeda de curso legal no país ou no estrangeiro:

Pena – reclusão, de três a doze anos, e multa.§ 1º – Nas mesmas penas incorre quem, por conta própria ou alheia, importa ou exporta, adquire, vende, troca, cede, empresta, guarda ou introduz na circulação moeda falsa.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale com informações da Polícia Federal.