Prefeito eleito e vice são cassados pela Justiça Eleitoral de Marataízes-ES.

Marataízes-ES – Há menos de um mês do mandato o prefeito eleito Tininho Batista e o seu vice, Jaiminho Machado, foram cassados pela Justiça Eleitoral da Comarca de Marataízes, município que fica na região Sul do Espírito Santo. A decisão foi determinada ontem, quarta-feira (27), pelo juiz eleitoral Jorge Orrevan Vaccari Filho, que responde pelas comarcas de Marataízes e Presidente Kennedy.

De acordo com a decisão, o prefeito foi afastado por abuso de poder econômico e campanha eleitoral antecipada. Na denúncia foi apontado gastos com publicidade bem acima da média dos últimos três anos (2017, 2018 e 2019), antecipação dos gastos com publicidade institucional no valor de R$ 582.816,70 e as despesas com publicidade alcançaram R$ 936.438,28 no ano eleitoral.

O magistrado considerou que as irregularidades são graves suficientes para o comprometimento e a lisura do processo eleitoral, na decisão, o magistrado Jorge Orrevan Vaccari Filho determinou a cassação dos diplomas de Tininho e de Jaiminho Machado. O prefeito também foi condenado a pagar multa no valor de 20.000 UFIR (R$ 21.282,00) e ficará  inelegível por oito anos.

Tininho pode recorrer da decisão e, enquanto aguarda a decisão de seu recurso, ele permanecerá no cargo. A assessoria de comunicação da Prefeitura de Marataízes afirmou que ainda não foi oficialmente notificada sobre a decisão da Justiça.

Redação: Jornal ATV – A Tribuna do Vale o seu portal de notícias online.